Leite de Cabra para Bebês

Leite de Cabra para Bebês com Refluxo

Refluxo é o retorno do conteúdo gástrico ao esôfago. Acontece pela diminuição da função de uma válvula (esfíncter) que se localiza entre o esôfago e o estômago, e resulta em vômito e/ou regurgitação (golfadas). Outros sintomas comuns são falta de apetite, irritabilidade, azia, enjoo e aftas.

Até os seis meses de idade, os bebês podem apresentar refluxo (regurgitação ou vômito), mas sem demais consequências para seu desenvolvimento. À medida que vão se desenvolvendo e sua e alimentos mais consistentes são incluídos em sua dieta, os sintomas melhoram. Casos de persistência ou que o bebê apresente os outros sintomas citados acima, podem se tratar de Doença do Refluxo Gastroesofágico.

Utilização do leite de cabra para bebês com refluxo

Algumas características do leite de cabra podem fazer com que ele auxilie na amenização dos sintomas de bebês com refluxo:

  • Contém menos proteínas que causam alergia (Alpha S1 caseína, encontrada em grande quantidade no leite de vaca);
  • Possui um tipo de gordura que é mais fácil e rapidamente digerida pelo organismo humano. Em média o leite de vaca leva 2 horas para ser digerido, enquanto o leite de cabra é digerido em 40 minutos;
  • Contém menos lactose que o leite de vaca

Ainda não existem estudos específicos a respeito do uso de leite de cabra para bebês com refluxo, mas diversos testemunhos de sucesso podem ser facilmente encontrados. Especialmente em casos onde as mães não podem amamentar e os bebês não se adaptaram ao leite de vaca ou a leites formulados.

As informações contidas neste artigo são de caráter informativo e não substituem nem dispensam a consulta à um médico ou nutricionista.

 

Leia mais a respeito: